#ParaRefletir: No momento em que aceitei ao meu Jesus…

[ads1]

RefletindoOntem (27) estive fazendo umas buscas no Youtube e acabei por acaso encontrando o vídeo da canção “Viverei viverás” do grupo Nova Dimensão. Lembro-me desta canção sendo entoada na igreja quando tinha meus 5, 6 anos. Todos de pé, mãos dadas louvando e refletindo sobre cada frase… As lágrimas eram comuns.

A letra é simples, porém profunda e verdadeira. Cada verso é carregado de emotividade que mesmo com o tempo, não envelhece. O grupo Nova Dimensão nos brindou com essa bela canção na qual baseio algumas reflexões. Ouça:

“No momento em que aceitei ao meu Jesus
Minha vida logo se modificou
encontrei a paz, encontrei o amor
e hoje já não tenho mais rancor”

Será? Atualmente está difícil distinguir quem é servo de Deus e quem não é. Está tudo muito igual, como dizem por aí, tudo junto e misturado. Complicado entender como a luz se mistura com as trevas… Quantos irmãos não vivem amargurados, rancorosos inclusive com o outro irmão da igreja? Seja por inveja de um cargo que não tem, do sucesso alheio, do seu próprio insucesso… Não posso dizer que A ou B guardem rancor, mas Deus sonda os corações, Ele sabe.

“Aprendi a amar o próximo também
perdoar aquele que me ofendeu
Deus ama você e eu amo também
por isso é que eu estou sempre a cantar”

O verso “aprendi amar o próximo também” me fez refletir sobre a tragédia na boate em Santa Maria. Quantos não apontaram o dedo falando que tudo isso era porque estavam num lugar profano e de domínio do diabo? Cadê o amor ao próximo? Cadê o “chorar com os que choram?” Creio que temos sim que falar o que é certo, porém o “certo” fora de hora acaba sendo errado. Em Eclesiastes 3, v. 1 diz: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. No verso 4 afirma: “tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de saltar”. É correto plantar na seca? É certo rir num velório? Usar um momento como este para dar lição de moral a meu ver é desumano. Falta de amor ao próximo.

“Estará com Cristo meu Senhor sempre a andar
com Cristo eu aprendi a perdoar
com Cristo para sempre viverei, viverás
e você que anda nesse mundo sem razão
aprenda a perdoar o seu irmão
Viverei, viverás”

 “Com cristo eu aprendi a perdoar”… Hum… amigos, amigos. Negócios a parte. Se tiver que processar, vamos ao tribunal. Amém? Que evangelho é esse? Crente que não fala com o irmão, que fala mal do pastor para os amigos, que vive brigando no trabalho, na escola… Será que ser sal e luz é ser assim? Se não, será mesmo que “aceitamos a Jesus” de fato? Pensemos nisso!